Heróis todos os dias.

Uncategorized

O primeiro dia, Sérgio Godinho

Sento-me às vezes contigo, em almofadas de cetim púrpura, no fundo de um poço. E ficamos a jogar ao berlinde e a falar da vida e a deixar o sol, que entra pelos buraquinhos das pedras,  bater-nos na cara, durante horas.

Quando estou sentada, ali em baixo, e meço bem a distância até ao cimo, penso como será difícil voltar a subir. Olho para o lado. Continuas ali. E, apesar dos teus braços serem pequeninos, então sei que consigo.

Sacudimos o pó e, juntas, subimos.

(lição de uma amiga. das que se entranham e nunca mais se desagarram da pele. a lição. e a amiga. obrigada)

E sabes que mais? For ever and ever.

Heroes, David Bowie

4 thoughts on “Heróis todos os dias.

  1. Obrigada. Sabes que gosto de ti, nao sabes?
    Obrigada. De coração. Estou aqui hoje, dois anos e meio depois, com a tua ajuda. Muito disto também é teu. Havemos de nos encontrar de novo, sim? É uma promessa. Conto cumpri-la! Um beijo,T.

  2. ‘E entretanto o tempo fez cinza da brasa
    e outra maré cheia virá da maré vaza
    nasce um novo dia e no braço outra asa
    brinda-se aos amores com o vinho da casa
    e vem-nos à memória uma frase batida
    hoje é o primeiro dia do resto da tua vida.’

    ‘Bem ditas’ as conversas que não caem em saco roto!😛

    Beijo forte para as duas,
    Bárbara

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s