Bailarina de histórias

música in motion

Pina Bausch, ária Addio del passato da Traviata de Giuseppe Verdi

A “grande dama da dança contemporânea alemã” morreu hoje, aos 68 anos, após lhe ter sido diagnosticado um cancro há 5 dias atrás.

Directora da companhia Tanztheater Wuppertal Pina Bausch, a coreógrafa era conhecida por contar histórias enquanto dançava e por integrar as experiências de vida dos seus bailarinos nestas histórias.

Cafe Müller foi a única peça da sua autoria que interpretou, tendo também participado em E la nave va, de Fellini e no genérico de Habla con ella, de Pedro Almodovar.

A criadora da vertente “dança-teatro” dizia não estar interessada em como as pessoas se movimentavam, mas antes naquilo que as movia.

2 thoughts on “Bailarina de histórias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s